Infância: saltos de desenvolvimento e picos de crescimento

Infância: saltos de desenvolvimento e picos de crescimento

Nos primeiros meses e anos de vida, os pequenos apresentam seu crescimento e desenvolvimento neuropsicomotor muito mais acelerados. Do nascimento até o primeiro ano de vida, o bebê cresce, em média, 25cm e triplica seu peso, além de adquirir diversas habilidades.

Confira a seguir mais sobre salto de desenvolvimento e pico de crescimento em crianças:

O que é o pico de crescimento?

O crescimento do bebê não é estável e gradual, mas tem períodos de pico, durante o qual seu crescimento e ganho de peso serão acelerados. Durante esses períodos de pico, o apetite do bebê pode ser maior do que o normal e, eventualmente, ele comerá por mais tempo, com mais força e com mais frequência. Nesse momento, os cochilos se tornarão mais frequentes e os ciclos de sono mais longos. Porém, devido à necessidade de mais alimentação, o sono acabará sendo interrompido, tornando o bebê mais irritável.

O tempo dos picos pode variar, mas, em média, os bebês terão seus primeiros picos de crescimento entre 7 e 10 dias após o nascimento e, em seguida, eles geralmente aparecem uma vez a cada 3 semanas nos primeiros meses com intervalos de tempo e podem não ser detectáveis.

Quando ocorre o pico de crescimento (em média)?

  • 7 a 10 dias;
  • 2 a 3 semanas;
  • 4 a 6 semanas;
  • 3 meses;
  • 4 meses;
  • 6 meses;
  • 9 meses;
  • Permanecem durante períodos que vão até a adolescência.

Quais sinais de um pico de crescimento o bebê apresenta?

  • Aumento do apetite (amamentar com mais frequência, dura mais, tem mais energia e sente que o bebê não está saciado);
  • Ele acorda com mais frequência à noite para pedir amamentação;
  • Chorando sem motivo.

O que eu posso fazer durante um pico de crescimento?

  • Alimente o bebê quando necessário;
  • Beba bastante água para garantir o suprimento de leite para bebês amamentados;
  • Conte com ajuda  de alguém para descansar e estar disposta quando seu bebê mais precisar;
  • Vá com calma! É um tempo que vai passar, e o corpo da mãe vai ajustar a produção de leite de acordo com as necessidades do bebê.

O que é o salto de desenvolvimento do bebê?

O salto de desenvolvimento é um tipo de fase de rápido desenvolvimento neurológico, nos quais o bebê adquire novas habilidades como reconhecer pessoas, sorrir, segurar objetos, sentar, rolar, entre outros.

Para adquirir uma nova habilidade, a criança passará por muitas tentativas e repetições. Essa tentativa pode ser frustrante, e o bebê pode sentir mais estresse e ansiedade do que o normal e ficar impaciente.

Além disso, após adquirir novas habilidades, o bebê fica muito animado e quer praticar o tempo todo, inclusive durante o sono. Nesse período, elas ficam mais agitadas e procuram formas de se acalmar, como o colo do útero da mãe. Os padrões de sono, o apetite e afeto também mudam.

Nem todas as crianças enfrentam todos os estágios da mesma maneira. Alguns bebês têm períodos de salto mais óbvios do que outros, e a duração de cada estágio pode ser diferente.

Existem também diferenças na idade em que os bebês adquirem novas habilidades, dependendo de fatores como herança genética, estimulação, meio ambiente, nutrição e interação.

Apesar das diferenças, ainda existem algumas janelas normais nas quais se espera que o bebê atinja marcos de desenvolvimento e que devem ser avaliadas se não for alcançado no momento apropriado.

Em qual período o salto de desenvolvimento ocorre (em média)?

  • 1 mês;
  • próximo de 2 meses;
  • próximo de 3 meses;
  • 4 meses e meio;
  • 6 meses;
  • 7 meses;
  • 8 meses e meio;
  • próximo de 11 meses;
  • próximo de 13 meses;
  • próximo de 15 meses;
  • 17 meses.

Durante o salto de desenvolvimento do bebê, qual o comportamento esperado dele?

  • Buscar ficar mais próximo dos pais, por maior carência afetiva;
  • Querer mamar mais frequentemente, buscando a calma no hábito;
  • Ter alterações no apetite;
  • Não dormir bem.

O que eu posso fazer em uma fase de salto de desenvolvimento?

  • Tranquilizar o bebê com banhos relaxantes, ninando, mantendo contato pele a pele, oferecendo leitura, música e passeios.
  • Manter as rotinas, principalmente o cronograma de sono e alimentação.

É essencial estar atento aos sinais e respeitar as necessidades do bebê, compreendendo que o salto de desenvolvimento e o pico de crescimento são fases necessárias para o desenvolvimento da criança. Tenha paciência, carinho, mantenha sempre o afeto e um ambiente tranquilo e acolhedor.

Quer cuidar ainda mais de seus pequenos? Então confira na Pilili Moda Infantil a linha de produtos especialmente dedicados às necessidades dos bebês!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.