Como ensinar seu filho a cuidar de pet?

Como ensinar seu filho a cuidar de pet?

Ter um bichinho de estimação em casa sempre faz a alegria da criançada. Além disso, um pet pode ajudar no desenvolvimento das crianças, pois estimula a socialização, fortalece o sistema imunológico e pode até melhorar a autoestima delas.

Mas cuidar de um animal de estimação, com tantas tarefas domésticas já acumuladas, pode ser um desafio para as mamães, e é por isso que muitas preferem negar esse tipo de desejo.

Mas e se você juntasse o útil ao agradável? Ensinar as crianças a cuidar dos animais domésticos vai ajudá-los a desenvolver empatia e responsabilidades, além de dar uma folga na vida já atarefada das mamães.

Antes de mais nada, temos que levar em consideração a idade da criança para saber que tipo de responsabilidades podemos designar em relação aos animais de estimação da casa. Isso porque, um bebê, por exemplo, ainda não desenvolveu habilidades cognitivas o suficiente nem para cuidar dele mesmo. Do mesmo modo, uma criança mais velha talvez possa receber mais responsabilidade no cuidado com os animais domésticos do que você imagina!

Pensando nisso, no artigo de hoje vamos explicar como ensinar seu filho o cuidado com os pets, de acordo com a idade de cada criança. Confira!

Crianças de até dois anos

Como já mencionamos antes, um bebê ainda não tem noção ou coordenação suficiente para se responsabilizar pelo cuidado do animal doméstico. Por isso, se seu filho ainda é muito pequeno, talvez seja melhor adiar a adoção do bichinho por um tempo.

No entanto, se você já tem um pet ou não está preocupada com as tarefas que esse novo integrante pode trazer, saiba que um animal de estimação pode ajudar no desenvolvimento do seu bebê.

Os pais de crianças com até dois anos que tem ou pretendem ter um pet devem saber que essa não é a hora de dar responsabilidades, e sim o momento de contato do bebê com o animal. Esse contato pode ajudar a estimular o carinho, aproximação e confiança do bebê.

Crianças de 3 aos 5 anos

Nessa faixa de idade, as crianças já podem pegar pequenas responsabilidades de cuidados com pets, como trocar a água do animal ou escovar os pelos, caso o pet seja um cachorro.

Como a birra e a desobediência aparecem mais nessa faixa etária, antes de delegar as responsabilidades para os filhos, é bom que os pais tenham uma conversa para explicar a importância das tarefas com o pet para evitar que o animal adoeça.

Crianças nessa idade que têm contato com os animais geralmente estimulam empatia, senso de responsabilidade e respeito e aprendem a não serem egoístas.

A partir dos seis anos

A partir dessa idade a criança está mais amadurecida para cuidar de um animal. Por isso, os pais podem delegar tarefas como passear com o animal e ensinar comandos para o mesmo, principalmente quando falamos de cachorros.

Nessa idade, também fica mais fácil explicar restrições em relação às regras com animais domésticos, dependendo de cada família. Dessa forma, você pode impedir seus filhos de acabarem dormindo com os animais na mesma cama ou mesmo proibir que o animal entre em cômodos mais limpos.

Do mesmo modo, também é bom ensinar ou pedir ao seu filho para ensinar o pet a dormir sozinho, sem choros e lamentos. Isso, é claro, para as mamães que se importam com animais dormindo dentro de casa.

Com essas dicas, vai ficar fácil ensinar o seu filho a cuidar do pet, independente da idade da criança!

Buscando por produtos de moda infantil? Na Pilili Modas temos uma variedade de peças por preços acessíveis. Confira!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.