Adultização infantil: por que é importante evitar que isso aconteça com nossos filhos?

Adultização infantil: por que é importante evitar que isso aconteça com nossos filhos?

Vivenciar a infância de forma plena e completa é muito importante para o desenvolvimento das crianças. No entanto, com o avanço da modernidade, está cada vez mais comum observar crianças que “cresceram antes do tempo”, ou seja, que mesmo na infância já realizam atividades de adultos.

É aí que entra a adultização infantil. Na hora de cuidar ou até mesmo vestir a criança, é importante evitar deixar a criança muito adulta, pois isso pode trazer problemas de desenvolvimento. Pensando em quem quer evitar a adultização infantil, trouxemos algumas informações importantes sobre o assunto. Continue a leitura e saiba mais.

O que é adultização infantil?

A adultização infantil nada mais é do que acelerar o crescimento da criança, incentivando-a a agir, se comportar e se vestir como um adolescente ou adulto. Dessa forma, a adultização “pula” fases da vida, no caso a infância, que é essencial para um bom desenvolvimento psicológico e mental do ser humano.

Nesse sentido, a adultização ocorre quando a criança recebe estímulos inadequados dos adultos, seja dando liberdade demais nas atitudes dos pequenos ou até mesmo na hipervalorização da aparência – ou seja, utilizar roupas adultas nos pequenos.

Para isso, separamos algumas dicas para ficar atento e evitar que a adultização aconteça:

Não exponha as crianças a situações inapropriadas

Nesse quesito, nem sempre os pais serão capazes de controlar ao que a criança é exposta. Na escola, por exemplo, ela pode acabar aprendendo coisas inapropriadas para sua idade. 

Mas é bom, como pai ou mãe, ficar atento aos contextos em que as crianças estão presentes: seja em conversas sérias, discussões, ou idas a lugares adultos, como salão de beleza. 

Claro que, imprevistos acontecem, mas tente sempre proteger a criança desse tipo de situação. A situação recorrente pode acabar fazendo com que isso se torne um hábito normal para a criança, o que, por sua vez, pode causar a adultização.

Cuidado com as roupas

Ter cuidado em como vestir as crianças é mais um dos cuidados com a infância para proteger da adultização. Isso, principalmente quando falamos das meninas: expor as garotas à roupas sensuais ou até mesmo acessórios de adultos desnecessários (como maquiagem, sutiã de bojo, salto alto) podem acabar fazendo que ela “cresça” rápido demais, não só aos olhos da própria criança, como aos de pessoas inconvenientes.

Por isso, embora a moda infantil ultimamente tenha apostado em muitas roupas de adultos para as crianças, é interessante manter um olhar infantil, mesmo quando as mamães querem apostar no mundo fashion. É claro que nem todas as roupas mais “adultas” vão causar a adultização infantil, mas é bom que os pais estejam sempre atentos às vestimentas nesse sentido.

Cuidado com os conteúdos consumidos pela criança

Outra situação comum é expor as crianças a filmes, novelas e programas inapropriados para a idade dela, onde ela pode acabar aprendendo coisas adultas cedo demais. Embora não possamos blindar completamente a criança de conteúdos adultos, que podem acabar sendo consumidos por meio de terceiros ou até mesmo escondidos na internet, é bom estar sempre atento ao que seu filho está assistindo e consumindo.

Principalmente com a internet, fica mais difícil controlar essa situação, já que essa é tida como uma “terra sem lei”. Nesse sentido, fique sempre atento às atividades do seu filho no computador e celular, garantindo que ele esteja consumindo conteúdos que sejam apropriados para a idade do pequeno.

Com esses cuidados com as crianças, é possível prevenir a adultização infantil e garantir que seu filho tenha uma infância rica e duradoura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.